Farmácia Rangel
Lacca Laboratório
Pizza Expresso
Falub
Belarmino
Sem categoria

Náutico desponta como clube que melhor cuida de suas finanças no Brasileirão


Náutico desponta como clube que melhor cuida de suas finanças no Brasileirão

Depois de garantir a sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, rebaixar um de seus maiores rivais e conquistar uma vaga para a Copa Sul-Americana de 2013, o Náutico tem mais um motivo para comemorar a campanha deste ano: de acordo com pesquisa realizada pela empresa Pluri Consultoria, o Alvirrubro pernambucano é o time que melhor consegue administrar o seu fluxo de caixa, levando-se em consideração os demais clubes do Brasileirão.

O levantamento aponta que, entre a receita bruta e as despesas com o Estádio dos Aflitos em dias de jogos, o Timbu arrecadou de lucro R$ 3,5 milhões. O valor total chegou a R$ 4,4 milhões, enquanto os pagamentos foram da ordem de R$ 866 mil. Na média, o time gastou R$ 48 mil por partida realizada e ganhou R$ 200 mil.

Para que este cálculo fosse contabilizado, foram levados em consideração a quantidade de público pagante, o preço dos ingressos e os gastos com toda a logística em dias de partidas.

Os dados também apontam que o Náutico, após cumprir com todos os seus gastos, consegue guardar em caixa 80,5% do montante que antes era bruto. Para explicar este fato, o vice-presidente de Marketing do clube, Roberto Varella, que falou sobre o tema:

”Na verdade, a atual gestão é bem austera. A gente conseguiu, nos últimos anos, dar mais critério aos gastos do clube, valorizamos mais a marca, tivemos acesso a novas verbas e investimos tudo isto no futebol. Trabalhamos no limite e com muito rigor”, disse o dirigente.

Sul-Americana e Arena Pernambuco vão incrementar lucros

Com a volta do Timbu à uma competição internacional – depois de 44 anos -, a receita tende a alcançar maiores valores. Para Varella, melhores condições vão aparecer em 2013:

” Mesmo sem um patrocinador master neste ano, vendemos muito bem as outras propriedades, como a manga e a barra da camisa. Para o ano que vem, novos valores estão sendo estudados, o planejamento para a parte nobre do uniforme está sendo feito e teremos, independentemente disto, uma maior verba. Passamos por um novo momento, temos um diferencial de negociação e isso será muito rentável. Temos a condição de fazer os melhores negócios”, pontuou.

A Arena Pernambuco, que será utilizada pelo Náutico na próxima temporada, entra como fator fundamental na gestão financeira. Mandando seus jogos no novo estádio, o Náutico espera construir mais um meio de arrecadação, atrelando a ele um programa para a captação de novos sócios:

”A Arena sabe que precisa da parceria com o Náutico, eles precisam de nós fomos os únicos a assinar com eles. Os assentos a serem vendidos terão descontos especiais para quem for sócio do clube, o preço vai sair mais em conta. A Série A e a Sul-Americana vão nos dar maiores condições para sobressairmos. Com uma gestão eficiente e mais organizada, temos condições totais de crescer neste segmento de novos associados”, finalizou.

Ainda de acordo com o estudo, o Náutico foi o sétimo clube que mais angariou fundos na principal competição nacional. Com 49 pontos, o Timbu ficou na 12ª colocação do Campeonato Brasileiro de 2012.

Fonte: Yahoo! Esporte Interativo


TransNeópolis
Parque dos Maracatus
Cerâmica Campo Alegre
Armazém Loureço
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário