Pizza Expresso
Lacca Laboratório
Falub
Belarmino
Farmácia Rangel
Carpina

Réu é condenado à 18 anos de prisão por homicídio em Carpina


Réu é condenado à 18 anos de prisão por homicídio em Carpina

Um homem foi condenado, após ir à julgamento na última quinta-feira (13) em Carpina, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Hugo Leonardo Dias de Oliveira, 34, era acusado de matar em 2015, Edilane Carvalho de Melo, efetuando dois disparos de arma de fogo na cabeça da vítima. Após julgamento, o réu pegou uma pena de 18 anos de prisão, que cumprirá inicialmente em regime fechado na penitenciaria, Dr. Ênio Pessoa Guerra na cidade de Limoeiro.

De acordo com a denúncia, a vítima estava bebendo em companhia de alguns amigos no bar dos artistas, onde Hugo Leonardo estava no local. Pouco depois, ele saiu do estabelecimento, voltando depois já na garupa de uma moto. Neste momento ele entrou e tirou a vida da mulher com dois disparos em sua cabeça.

Nos debates em plenário, o ministério público representado pelo promotor, Drº Felipe Akel, apresentou a tese condenatória, onde acusou o réu pela prática do homicídio duplamente qualificado. A primeira alegação foi a de que o homem usou de recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele teria agido de modo surpreendente, investindo por trás da moça em ação traiçoeira. A segunda qualificação do crime argumentada pela acusação, foi a do Feminicídio, onde o réu ceifa a vida de uma mulher, por razão do gênero feminino, onde na ocasião, demonstrou menosprezo pela figura feminina.

Por sua vez, a defesa realizada pelo advogado e defensor público, Drº Rafael Bento, fez um Júri muito técnico, usando a legislação e atuação do direito, onde tentou retirar as qualificações impostas ao réu, pelo Ministério Público. O que porém, não foi aceita pelo Conselho de sentença, que o acusou por 18 anos.

Assista a entrevista do advogado Rafael Bento:

 


Armazém Loureço
Cachorro Quente
Donna
Cerâmica Campo Alegre
Parque dos Maracatus

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário