Falub
Farmácia Rangel
Lacca Laboratório
Esportes

Nos pênaltis, Brasília vence o Paysandu é é campeão da Copa Verde


Nos pênaltis, Brasília vence o Paysandu é é campeão da Copa Verde

O Brasília é o campeão da primeira edição da Copa Verde, realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nesta segunda-feira, jogando em casa, a equipe do Distrito Federal venceu o Paysandu por 2 a 1 no tempo normal, e por 7 a 6 nos pênaltis. Foi uma partida digna de final de campeoanto.

Após a derrota por 2 a 1 no jogo de ida, em Belém, os brasilienses receberam o Paysandu no Estádio Nacional Mané Garrincha. O duelo, marcado justamente no aniversário de 54 anos de Brasília, teve de tudo um pouco e foi um presente e tanto para os torcedores.

A começar pelo primeiro gol, que saiu após cobrança de pênalti de Gilmar. O inusitado aí foi a maneira como aconteceu a infração. O Brasília estava prestes a balançar as redesquando o zagueiro Charles evitou o gol ao colocar a mão na bola. Cartão vermelho no ato e 1 a 0 para os donos da casa.

O lance que originou o primeiro gol ainda serviu como um marco na partida. O Paysandu vinha melhor, mas sentiu o baque e a falta de um jogador em campo. O Brasília aproveitou. Alekito, após bela jogada de Fernando, ampliou, já na segunda etapa.

Eletrizante, a partida ganhou contornos de decisão emocionante aos 39 minutos da etapa final. A torcida do Papão merecia ver um gol de seu time e coube a Leandro Carvalho essa missão. Da entrada da área, num chute cruzado, ele viu o goleiro tocar de leve na bola antes dela ir parar nas redes. Pênaltis!

Em uma disputa acirrada, o Brasília venceu por 7 a 6. Mateuzinho foi parado no goleiro paraense Matheus, enquanto Natan, Daniel, Renan, Claudecir, Índio, Alekito e Fernando marcaram. Do lado do Paysandu, Augusto Recife, Yago Picachu, João Paulo, Leandro Carvalho, Bruninho e Djalma marcaram, enquanto Lima e Heliton tiveram seus chutes defendidos pelo goleiro Artur, o herói da conquista.

A Copa Verde teve a participação de 16 clubes de 11 estados e, como grande atração, três estádios construídos para a Copa do Mundo: Arena Pantanal (Cuiabá), Estádio Nacional Mané Garrincha (Brasília) e Arena da Amazônia (Manaus).

O campeão Brasília disputou oito jogos até chegar ao título da competição. Foram quatro vitórias, dois empates e duas derrotas.

Fonte: CBF


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
CESP Carpina
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário