Lacca Laboratório
Falub
Farmácia Rangel
Interior

PF realiza operação “Inseguros”: Limoeiro, Escada e Gravatá foram alvos da ação policial


PF realiza operação “Inseguros”: Limoeiro, Escada e Gravatá foram alvos da ação policial

A Polícia Federal em Pernambuco, por intermédio da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros e Desvios de Recursos Públicos-DELEFIN, deflagrou na manhã desta terça-feira (22), por volta das 8h, a operação denominada “INSEGUROS”com o objetivo de cumprir 03 (três) mandados de busca e apreensão visando apreender documentos, dinheiro e mídias de armazenamento digital e todo o tipo de material que comprove a ilicitude do funcionamento das atividades de exploração de seguros para carros e motocicletas,reboque, carro reserva, reposição de peças originais, etc na região Metropolitana do Recife, Agreste e Sertão Pernambucano, sem autorização do SUSEPE – (Superintendência de Seguros Privados).

 

A partir da deflagração da Operação Prêmio em outubro de 2012, responsável pelo encerramento da atividade ilegal de 10 empresas do tipo na Zona da Mata e Agreste deste Estado, a PF passou a receber informações de outras empresas atuando no mesmo segmento. Esta já é a terceira investida sobre esse mercado ilegal desde então e a segunda só neste ano, pois, em abril, outra seguradora clandestina foi fechada em Gravatá – (Total Motos que funcionava na Rua Lourenço Correia de Melo, nº 25ª – no centro de Gravatá/PE).

O trabalho é resultado de cerca de um ano e meio de investigações e envolve 14 policiais federais agindo em 3 municípios: Escada, Limoeiro e Gravatá. Nesses locais foram apreendidos diversos documentos que comprovam a atividade ilegal em mais de 7.000 contratos irregulares, razão pela qual as empresas foram fechadas e estão impedidas de realizar atividades de exploração de seguro para motocicletas por período indeterminado. Também foram bloqueadas suas contas bancárias, para eventual ressarcimento de algum consumidor prejudicado.  Como os administradores dos estabelecimentos não foram localizados, eles não foram presos em flagrante, porém, serão intimados posteriormente, para comparecer à Polícia Federal e, caso não apresente uma justificativa para tal atividade ilícita, poderão ser indiciados em Inquérito Policial pelo crime previsto no art. 16 da Lei nº 7.492/86 – (Fazer operar, sem a devida autorização instituição financeira), cujas penas variam de 1 a 4 anos de reclusão, além de multa. A PF segue recebendo informações e investigando a atividade de outras empresas do ramo.

Nota a Imprensa 099-2015-(Operacao Inseguros)-Foto-12

EMPRESAS QUE TIVERAM SUAS ATIVIADES CANCELADAS E NÃO PODEM MAIS OPERAR:

 

LUAN SEGUROS que fica situada na Rua São João nº 7, Gravatá/PE;

DUAS RODAS SEGUROS que fica situada na Rua Vigário Joaquim Pinto, nº 697, Centro – Limoeiro/PE e suas lojas de representações situadas nos seguintes endereços:

 

Loja 01: Rua Vigário Joaquim Pinto, nº 697 – Centro Limoeiro/PE;

Loja 02: Rua São João nº 7 – Prado – Gravatá/PE;

Loja 03: Rua Comendador José Pereira, nº 634 – Mangueira – Escada/PE;

Loja 04: Rua Barão de Moreno, nº 7 – Vila Rica – Jaboatão dos Guararapes/PE;

Loja 05: Rua José Vieira, nº 01, – Centro – pombos/PE;

Loja 06: Rua Visconde Inhauma, nº 716 – Maurício de Nassau – Caruaru/PE;

Loja 07: Rua Benjamin Constant, nº 11 – Centro – Ribeirão/PE;

Loja 08: Rua Arthur Correia de Araújo, nº 577 – Loja 4 – Centro – Santa Cruz do Capibaribe/PE;

Loja 09: Rua Desembargador Felismino Guedes, nº 107 – Centro – Cupira/PE;

Loja 10: Rua Cel José Pessoa, nº 17 – Loja 1 – Centro – Bezerros/PE

MAIS SEGUROS que fica situada na Rua Comendador José Pereira, nº 634 – Mangueira – Escada/PE e suas lojas de representações situadas nas cidades de Escada, Ribeirão, Gravatá, Jaboatão, Limoeiro, Pombos e Caruaru;

 

 

PARA NÃO SER VÍTIMA DE TAIS EMPRESAS IRREGULARES SE FAZ NECESSÁRIOS ALGUMAS ORIENTAÇÕES:

 

1-Procure uma empresa que já tenha um bom tempo no mercado exercendo tais atividades;

 

2- Consulte através da internet se não existe queixas ou reclamações de pessoas que foram enganadas ou lesadas pela empresa por descumprimento ou não cumprimento dos acordos firmados;

 

3-Desconfie de preços de seguros muito baixos além dos que são aplicados normalmente pelo mercado;

 

A SUSEP é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro. Autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda que foi criada pelo Decreto-lei nº 73, de 21 de novembro de 1966. As atividades desenvolvidas por tais empresas correm à margem do controle legal da SUSEP legal e importa em riscos para a sociedade, haja vista que, em caso de falência, não há garantias de que outra entidade assumirá as obrigações perante os segurados.

4-A população pode consultar rapidamente se uma empresa tem autorização ou não para operar no site da SUSEP – (Superintendência de Seguros Privados) por intermédio do seguinte linkhttp://www.susep.gov.br/menu/informacoes-ao-publico/mercado-supervisonado/entidades-supervisionadas – Caso não apareça o nome da empresa na consulta, ela não está credenciado para atuar no ramo de seguros.


Cachorro Quente
CESP Carpina
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário