Farmácia Rangel
Falub
Lacca Laboratório
Pernambuco

Bloco Gota D’Água toma as ruas do Recife na sexta de Carnaval


Bloco Gota D’Água toma as ruas do Recife na sexta de Carnaval

Já é tradição. Há 36 anos, na sexta-feira (5) que abre o Carnaval do Recife, o bloco Gota D’Água toma as ruas dos bairros de Santo Amaro e Boa Vista dando as boas-vindas à Folia de Momo. Este ano, o desfile promete arrastar cerca de dez mil foliões pelo trajeto que vai da Avenida Cruz Cabugá até a Rua da Aurora. A animação ficará por conta dos cantores Silvério Pessoa, Nonô Germano e Geraldo Maia e da banda Asas da América. A concentração ocorre às 17h, no edifício sede da Compesa, na Cruz Cabugá, e os trios ganham as ruas a partir das 20h.

 

O cantor Silvério Pessoa e sua Orquestra Micróbio do Frevo participarão pela primeira vez do tradicional bloco carnavalesco da Compesa. Eles se apresentarão no pátio interno da sede da companhia durante a concentração, que é restrita a funcionários, convidados e pessoas com a camisa do bloco. Serão disponibilizadas mesas e cadeiras para os primeiros foliões que chegarem, sem nenhum custo adicional. Também serão vendidas comidas e bebidas a preços populares. As camisas oficiais estão à venda na Compesa e podem ser adquiridas até o dia do desfile ou até quando durarem os estoques. O valor de R$ 25 é revertido para cobrir despesas com infraestrutura do bloco e atrações.

 

Já a partir das 20h, quando inicia o desfile, o acesso será liberado para o público que quiser seguir os trios ao som do melhor frevo pernambucano. O início será na sede da Compesa, na Avenida Cruz Cabugá. De lá, os trios seguirão até o Parque Treze de Maio, Rua Princesa Isabel e Rua da Aurora, terminando o trajeto em frente à unidade da Compesa. Nesse percurso, a animação ficará por conta dos trios e bandas Asas da América, Balada, Zeus e dos cantores Geraldo Maia e Nonô Germano. O colorido da festa será garantido pelos estandartes e fantasias.

 

História – Fundado por funcionários da Compesa, o Gota D’água é a única agremiação carnavalesca de uma companhia de saneamento no Brasil que conseguiu resistir ao tempo. O bloco surgiu no improviso com o nome de “Bloco AJU” no início da década de 80. Nos primeiros anos a festa acontecia apenas na parte interna da Compesa. Sua primeira saída oficial foi em 1986 ao som de uma pequena orquestra de frevo, pelas ruas do bairro de Santo Amaro, no mesmo percurso que ainda hoje é realizado.

Com informações e Fotos da Assessoria de Imprensa da COMPESA


CESP Carpina
Armazém Loureço
Cachorro Quente
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário