Lacca Laboratório
Belarmino
Falub
Farmácia Rangel
Pizza Expresso
Cidades

Compesa apresenta projeto de abastecimento de água à comunidade de Guadalajara em Paudalho


Compesa apresenta projeto de abastecimento de água à comunidade de Guadalajara em Paudalho

Foi realizado na noite desta terça-feira (15), na igreja comunitária de Guadalajara, distrito de Paudalho, um projeto da Compesa para abastecimento de água na comunidade. Na ocasião, o vereador carpinense Diogo Prado (PSC), o ex-prefeito paudalhense, Pereira e o ex-secretário de Administração do Estado, Milton Coelho marcaram presença. Segundo as informações apresentadas, o valor do investimento gira em torno de R$ 3 milhões e o projeto da barragem pretende atender todas as residências da comunidade. Resta à população agora, esperar a publicação do edital da licitação, para as empresas apresentarem propostas, uma ser escolhida e com isso a ordem de serviço ser emitida para dar início às obras, de acordo com os responsáveis.

O evento porém, não contou com o presidente da entidade, Roberto Tavares, que foi representado por engenheiros da companhia.

“A gente veio aqui pra fazer a explanação do projeto de Guadalajara, e sanar todas as dúvidas da população. Principalmente com relação ao projeto e com relação a questão de tarifas,contas de água”, relatou José Robson Oliveira da Veiga, um dos Engenheiros presentes da Compesa no evento.

De acordo com o engenheiro José Robson, o projeto contempla a melhoria da qualidade da água e quantidade que será oferecida. “A gente tem uma previsão de no primeiro momento, ofertar dezesseis litros por segundo, pra comunidade de Guadalajara, onde hoje a oferta é de dez litros. Então a gente já vai ter o incremento de vazão, e com isso a população realmente vai ficar bem satisfeita”, declarou o engenheiro.

O também Engenheiro da Compesa, Macílio, o projeto irá ampliar o fornecimento de água que hoje é em torno de 80% e fazer o tratamento que é motivo de reclamação da população. “Hoje ela (água) não passa pelas etapas de tratamento que deveria, exigidas pelo Ministério da Saúde. Existe uma portaria que exatamente regula isso, e a mais importante que seria a aplicação de cloro”, completou.

O ex-prefeito Pereira, mostrou satisfação com o encaminhamento do projeto. “A tendência é de Guadalajara crescer muito, e tem que ter um abastecimento com qualidade e que atenda todas as ruas, todas as expansões que acontecem aqui no nosso município”, comentou.


Armazém Loureço
Cachorro Quente
JR Construtora

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário