Farmácia Rangel
Pizza Expresso
Lacca Laboratório
Belarmino
Falub
Cidades

Mutirão Jurídico será realizado no Presídio de Itaquitinga


Mutirão Jurídico será realizado no Presídio de Itaquitinga

Um Mutirão Jurídico será realizado Presídio de Itaquitinga (PIT), pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Executiva de Ressocialização (Seres), e a Defensoria Pública de Pernambuco (DPP). A ação acontecerá desta terça-feira (20) à sexta-feira (23), a partir das 9h. É o primeiro mutirão do PIT desde a inauguração em 2018. A ação atende à Lei de Execuções Penais (artigos 15 e 16), na qual prevê a assistência jurídica aos presos que não a possuem no âmbito privado.

A equipe – Composta de cinco assessores jurídicos da Seres (sede), dois defensores públicos, quatro servidores do Setor Jurídico e Registro e Movimentação Carcerária da unidade prisional, além de quatro agentes penitenciários – atenderá os reeducandos e fará a análise de suas pastas carcerárias, assim como, a atualização do Sistema Integrado de Informacão Prisional ( SIAP). “A iniciativa é mais uma ferramenta importante no combate à superlotação das unidades prisionais de Pernambuco. O objetivo é identificar processos que estão excedendo o prazo e que já poderiam ter sido julgados” detalha o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Sob coordenação da gerência Jurídico-Penal da Seres e DPP, serão tomadas, de acordo com a situação jurídica do preso, providências como atestado de pena e requerimento de diversos benefícios no âmbito da execução penal a exemplo de progressão de regime, livramento condicional, remição de pena, prisão domiciliar , extinção de pena, habeas corpus e relaxamento de prisão. As diligências serão encaminhadas ao Poder Judiciário a fim de promover a agilização processual dos presos provisórios do PIT.

 

*Com informações  – Assessoria de Comunicação Seres


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Cachorro Quente
Manoel Tomaz
Maxima Contabilidade
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário