Falub
Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Cidades

Mais 1.146 casos de Covid-19 são registrados nas últimas 24h em Pernambuco


Mais 1.146 casos de Covid-19 são registrados nas últimas 24h em Pernambuco

Pernambuco registrou mais 1.146 casos de Covid-19, de acordo com boletim divulgado neste domingo (10), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Entre os confirmados, 21 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.125 (98%) são leves. Agora, o Estado totaliza 232.037 casos confirmados da doença, sendo 29.824 graves e 202.213 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

De acordo com os números gerais, o estado pernambucano registra um total de 198.249 pacientes recuperados da doença. Destes,18.605 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 179.644 eram casos leves. Também foram confirmados laboratorialmente 14 novos óbitos, sendo 8 homens e 6 mulheres, registrados entre os dias 14 de dezembro de 2020 e 9 de janeiro de 2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Garanhuns (2), Jaboatão dos Guararapes (2), Paulista (1), Recife (6), São José do Egito (1), Verdejante (1) e Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 9.840 mortes pela doença.

Segundo a SES-PE, os pacientes tinham idades entre 34 e 101 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (1), 40 a 49 (2), 50 a 59(2), 60 a 69 (3), 70 a 79 (3) e 80 ou mais (3). Do total, 10 tinham doenças pré-existentes: diabetes (5), doença cardiovascular (6), hipertensão (2), alzheimer (2), obesidade (1), etilismo (1), doença respiratória (2), neoplasia (1)-um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais estão em investigação.

Já em relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 24.617 casos foram confirmados e 44.283 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.


Cachorro Quente
Maxima Contabilidade
CESP Carpina
Armazém Loureço

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário