Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Esportes

Silas mantém otimismo e destaca “falta de sorte”


Silas mantém otimismo e destaca “falta de sorte”

O Náutico perdeu o primeiro duelo das semifinais contra o Santa Cruz, mas o sentimento dos alvirrubros depois da partida era de esperança. Com um discurso bastante otimista, o técnico Silas exaltou a postura do seu time no Arruda e comemorou o que para ele foi uma boa apresentação, mesmo com o placar de 1 a 0 para o rival.

– A postura do time foi de quem deixou para trás aquela inhaca que estava se instalando. Estou triste pelo resultado porque ninguém gosta de perder, mas esperançoso para o próximo jogo.

O otimismo dos alvirrubros se dá pelo fato do goleiro Felipe ter feito poucas defesas durante os 90 minutos do jogo. Para eles, o gol de Renatinho aconteceu em um lance de sorte e naquele velho detalhe que normalmente decide os clássicos.

– O Santa teve sorte, mas teve porque estava trabalhando. Não é à toa que é o bicampeão. Temos que respeitar o trabalho do Marcelo (Martelotte), que tem um time que sabe o que faz em campo.

Além de lamentar a “falta de sorte”, o técnico Silas colocou a derrota do Náutico na conta do desgaste físico que a equipe teve durante a semana. Enquanto o Santa Cruz teve o período todo para treinar, o Timbu encarou um jogo decisivo contra o Crac, pela Copa do Brasil, na quinta-feira.

– A esperança é que a gente possa repetir a atuação de hoje no próximo domingo para ganhar o jogo. Estamos vindo de um desgaste físico muito grande da semana. Antes do jogo eu perdi três jogadores. Agora é só trabalhar e descansar.

Fonte: globoesporte


Maxima Contabilidade
Cachorro Quente
CESP Carpina
Armazém Loureço

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário