Falub
Farmácia Rangel
Governo Maio
Lacca Laboratório
Esportes

São Paulo sofre com falhas, mas vence e fica em vantagem na Sul-Americana


São Paulo sofre com falhas, mas vence e fica em vantagem na Sul-Americana
Zagueiro se redimiu aos 46min com gol que deu vitória ao clube tricolor
Foto: AFP

O São Paulo correu grandes riscos com falhas individuais na noite desta quarta-feira, mas um gol no fim salvou a equipe de empate em casa. Em duelo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana disputado para um público apenas mediano no Morumbi, o clube paulista viu Antônio Carlos marcar duas vezes, uma delas aos 46min, para dar a vitória por 3 a 2 contra o Atlético Nacional (COL) – o próprio Antônio Carlos e Rodrigo Caio haviam falhado nos gols dos colombianos.

Antônio Carlos marcou dois gols - e falhou em um dos colombianos - para dar vitória ao clube paulista Foto: Reuters
Antônio Carlos marcou dois gols – e falhou em um dos colombianos – para dar vitória ao clube paulista
Foto: Reuters

 

A vitória dá ao São Paulo a vantagem do empate no duelo de volta, que será disputado em Medellín na próxima quarta-feira, dia 6 de novembro, às 21h50 (de Brasília). A vitória simples por 1 a 0 ou 2 a 1, contudo, classifica os colombianos. O vencedor do confronto enfrenta nas semifinais o ganhador de Libertad x Itagüí – o time tricolor é o atual campeão da Copa Sul-Americana e busca o bicampeonato.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 2 ATLÉTICO NACIONAL (COL)

 

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 30 de outubro de 2013 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Assistentes: Jonny Bossio (PER) e Cesar Escano (PER)
Público: 22.441 pagantes
Renda: R$ 572.190,00
Cartão amarelo: Rodrigo Caio (São Paulo)
Gols: SÃO PAULO: Jadson, aos 13 minutos do primeiro tempo; Antônio Carlos, aos 26 e aos 45 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO NACIONAL: Uribe, aos 39 minutos do primeiro tempo, e Duque, aos 33 minutos do segundo tempo

 

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio e Antônio Carlos; Douglas, Denilson, Maicon, Jadson (Osvaldo) e Reinaldo; Aloísio e Luis Fabiano (Ademilson)
Técnico: Muricy Ramalho
ATLÉTICO NACIONAL: Armani; Nájera, Henríquez, Murillo e Diaz; Medina, Mejía e Valencia; Bernal (Calle), Uribe (Duque) e Cárdenas
Técnico: Juan Carlos Osorio


Maxima Contabilidade
Cachorro Quente
Armazém Loureço
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário