Lacca Laboratório
Falub
Farmácia Rangel
Esportes

Contra queda, Náutico encara o Atlético-MG


Contra queda, Náutico encara o Atlético-MG

O Náutico sequer tem esperança de permanecer na Série A. Até o próprio técnico, Marcelo Martelotte, já desistiu de tentar se manter na elite. Entretanto,  a matemática ainda não cravou a queda do Timbu. Não até esta 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Alvirrubro enfrenta o Atlético-MG, às 20h (horário de Recife) do próximo sábado (2), no Independência.

A equipe alvirrubra passeia pela Primeira Divisão como andam zumbis nos filmes de terror e suspense. Não que haja algo misterioso no Timbu. O Náutico é o único morto-vivo dentre os 20 times da Série A. E, desta vez, enfrenta o atual campeão da Libertadores da América, o Atlético-MG.

Sem Bernard (vendido ao ucraniano Shakhtar Donetsk) e Ronaldinho Gaúcho (lesionado),sim. Mas o Atlético Mineiro que ainda conta com Victor, Marcos Rocha, Diego Tardelli, Jô e cia. O Galo tem tantas pretensões no campeonato quanto o Náutico: nenhuma. O zagueiro Réver volta de contusão e é também é figura certa no jogo. O técnico Cuca só espera

Os 11 do Timbu

Despretensioso, Martelotte já confirmou quem vai a campo. Não está longe do Náutico que enfrentou o Atlético-MG no primeiro turno – quando era comandado por Zé Teodoro – e empatou por 0x0. O Timbu será escalado com: Ricardo Berna; Auremir, João Filipe, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Martinez e Tiago Real; Maikon Leite e Olivera.

Maranhão foi vetado do jogo, pois precisa cumprir suspensão da expulsão diante do Internacional pela 28ª rodada. O escolhido, então, deve ser Auremir. O meia Marcus Vinicius está lesionado. E Maikon Leite atuará mais recuado, ajudando na marcação. Olivera será o centroavante alvirrubro.

Para se livrar da confirmação do rebaixamento – com números, porcentagens e matemáticos falando das impossibilidades –, o Náutico precisa vencer o Galo. Empate ou derrota, crava o passagem alvirrubra para a Série B. Sem escalas, mas com turbulências.

Ficha de jogo

Atlético-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Réver e Lucas Cândido; Pierre (Leandro Donizete), Josué e Guilherme; Diego Tardelli, Jô e Fernandinho. Técnico: Cuca

Náutico

Ricardo Berna; Auremir, João Filipe, William Alves e Bruno Collaço; Elicarlos, Derley, Martinez e Tiago Real; Maikon Leite e Olivera. Técnico: Marcelo Martelotte

Local: Estádio Independência (Belo Horizonte)

Horário: 20h (horário de Recife)

Árbitro: Wagner Reway (MT, ASP-FIFA)

Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Sergio Campelo Gomes (MA)

 Fonte: Leia Já


CESP Carpina
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário