Lacca Laboratório
Governo Julho
Farmácia Rangel
Falub
Esportes

Copa NE: Naútico empata diante o Botafogo, segue vivo e decide com Guarany


Copa NE: Naútico empata diante o Botafogo, segue vivo e decide com Guarany

Botafogo-PB e Náutico fizeram um jogo duro no Almeidão, que terminou em empate por 1 a 1 (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Foi uma verdadeira batalha. Quem perdesse estaria precocemente eliminado e quem vencesse estaria muito perto de se classificar para a Copa do Nordeste. Mas o empate em 1 a 1 que se registrou no jogo entre Botafogo-PB e Náutico, realizado na noite desta terça-feira, no Estádio Almeidão, acabou sendo um meio termo entre estas duas possibilidades.

O Náutico está agora com cinco pontos e joga na quinta-feira, fora de casa, contra o líder Guarany de Sobral, que tem oito pontos. O Botafogo, por sua vez, tem quatro. Joga no mesmo horário contra o Sport (que tem cinco pontos), também fora de casa. O Náutico precisa vencer por três gol de diferença para ultrapassar o Guarany e se classificar. Ou vencer por qualquer placar e torcer para que o Sport não vença o Belo.

Já o Botafogo tem que necessariamente vencer o Sport na Ilha do Retiro. Empate ou derrota não seriam mais suficientes. Mas mesmo vencendo, vai ter que torcer pelo Guarany de Sobral segurar o Náutico. Vencendo o Sport, basta que o Náutico não vença.

COPA NE: RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

Equilíbrio no primeiro tempo

A principal característica da etapa inicial foi a forma parelha como os times se comportaram. Ambas atacavam, criavam boas jogadas e ficavam perto de abrir o placar. O placar, contudo, se manteve inalterado nos primeiros 45 minutos de jogo.

botafogo-pb x náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Jogo teve lance para os dois lados, principalmente no prtimeiro tempo do duelo válido pelo Nordestão (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Pelo lado do Botafogo, as principais jogadas ofensivas tinham participação de Pio e Doda, que serviam o meia Lenílson e os atacantes Frontini e Rafael Aidar. Já por parte do Náutico, as principais jogadas saíam de bola parada. Como o Belo parava muitas das jogadas alvirrubras com falta, as cobranças acabavam levando muitos riscos ao gol de Genivaldo.

A primeira das jogadas do Timbu saiu dos pés de Flávio, na entrada da área. A bola subiu mais do que deveria e foi para fora Depois, apareceu Zé Mario. Ele chutou forte e quase marcou. O Náutico não aproveitou suas oportunidades. E viu o Belo chegar perto na parte final do primeiro tempo.

Primeiro chegou Frontini. Ele soltou uma bomba de fora da área para a defesa de Alessandro. Depois, Pio teve sua chance, obrigando o goleiro pernambucano a fazer outra bela defesa.

Gols só no segundo tempo

A etapa final foi bem diferente. Primeiro porque o Botafogo-PB jogou melhor do que o Náutico e ficou a maior parte do tempo no ataque. E depois porque finalmente os gols saíram. Mas a despeito da superioridade ofensiva do Belo, o time de João Pessoa não venceu. Cada time marcou uma vez e manteve o empate.

botafogo-pb x náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Belo foi melhor no segundo tempo do confronto (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Logo nos primeiros minutos o Botafogo foi superior. E depois de uma primeira chance de Doda, aos seis minutos, o mesmo Doda abriu o placar um minuto depois. Ele recebeu bom passe de Frontini e chutou em gol, abrindo o placar.

O Botafogo continuou melhor. Lenílson e Frontini em duas oportunidades quase marcaram. Mas num descuido da equipe paraibana, o Náutico aproveitou. Pedro Carmona fez boa jogada pela esquerda e chutou para a área. Hugo só fez desviar e empatou.

Ainda tinha jogo pela frente. E o time da casa ainda teve três boas chances de marcar. Foi uma pressão só. Lenílson; Thiaguinho, que acaba de entrar; e por último Pio. A vitória ficou perto, mas não saiu. E a decisão ficou mesmo para a última rodada.

Fonte: globoesporte


Cachorro Quente
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário