Lacca Laboratório
Falub
Governo Julho
Farmácia Rangel
Esportes

Libertadores: Após quase 2 anos, Adriano volta e Atlético/PR vence na estréia


Libertadores: Após quase 2 anos, Adriano volta e Atlético/PR vence na estréia

Adriano era a imagem da felicidade ao entrar no gramado depois de 22 meses (Foto: AFP)

Uma noite especial na Vila Capanema. A vitória por 1 a 0 sobre o The Strongest, nesta quinta-feira, não marcou apenas a estreia com pé direito do Atlético-PR na fase de grupos da Taça Libertadores. Marcou também o retorno de Adriano aos gramados, depois de 22 meses afastado – a última partida do atacante havia sido no dia 4 de março de 2012, na derrota do Corinthians para o Santos, pelo Campeonato Paulista. Em seu primeiro jogo pelo Furacão, ele entrou aos 40 minutos da etapa final, praticamente não tocou na bola e não finalizou contra o gol rival. Mas quem se importa? Após ameaçar largar a carreira por causa de várias lesões e problemas extracampo, o Imperador era só alegria.

–  É um dia muito importante. Poder volta a jogar era a coisa mais importante para mim. Obrigado a todos – disse o camisa 30 logo depois da partida.

Paulinho Dias comemora, Atlético-PR x The Strongest (Foto: EFE)
Paulinho Dias comemora o gol que deu a vitória do Atlético-PR sobre o Strongest (Foto: EFE)

Ainda em busca da melhor forma física e de ritmo de jogo, Adriano trabalha gradativamente para ajudar o Rubro-Negro na Libertadores. E enquanto não chega a hora de ele atuar durante 90 minutos, o Furacão deu o primeiro passo para chegar ao mata-mata. O volante Paulinho Dias fez o gol da vitória contra os bolivianos ainda no primeiro tempo, e a equipe divide a liderança do Grupo 1 com o Vélez Sarsfield – o time argentino venceu o Universitario no outro jogo da rodada.

O Atlético-PR volta a campo no próximo dia 25, às 19h45m (de Brasília), contra o o próprio Vélez Sarsfield, no estádio José Amalfitani, na Argentina. O The Strongest busca a reação contra o Universitario, dia 20, no Hernando Siles, na Bolívia.

A partida teve 11.731 presentes – 10.485 pagantes, com renda de R$ 234.995 –, e estes viram um primeiro tempo brigado, mas com vantagem rubro-negra. Os times apresentavam o mesmo desenho tático: o 4-4-2. O time de Miguel Ángel Portugal, porém, tinha uma postura mais ofensiva. Os laterais Sueliton e Natanael apoiavam bastante, e o volante Paulinho Dias também aparecia constantemente na frente.

Fonte: globoesporte


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
CESP Carpina
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário