Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Esportes

Mesmo com um a menos, Náutico vence o Boa Esporte-MG e dorme no G-4 da Série B


Mesmo com um a menos, Náutico vence o Boa Esporte-MG e dorme no G-4 da Série B

Vitória emblemática e com a cara do Náutico deixou a equipe na co-liderança da Série B 2015, ao lado de Botafogo-RJ e Sampaio Corrêa-MA, com seis pontos conquistados. O gol Timbu foi marcado no apagar das luzes, através do zagueiro Diego (foto), que entrou no decorrer da partida. O técnico Lisca optou pelo zagueiro para compor o sistema defensivo após a expulsão indevida do meia Patrick Vieira, que saiu de campo mais cedo, aos 16 minutos da etapa final. O próximo desafio do Timbu pela Série B será contra o Criciúma-SC, terça-feira (19), às 21h50, na Itaipava Arena Pernambuco.

O Jogo

A partida representava para o Náutico a afirmação de uma nova era. A chegada de jogadores experientes como Fabiano Eller e Ronaldo Alves no sistema defensivo deu uma encorpada na equipe, que não sabe ainda o que é levar gol na competição. Tanto na Copa do Brasil, quanto na Série B, a equipe não foi vazada e no jogo contra o Boa Esporte-MG, hoje à tarde, mais um desafio foi deixado para traz com louvor. O Timbu mandou no primeiro tempo, criando as melhores oportunidades. A primeira do jogo surgiu aos 18 minutos. Marino fez boa jogada individual e tocou para Hiltinho, o meia limpou o marcador e soltou uma bomba de fora da área, levando perigo à meta do goleiro Andrei.

Aos 22 minutos, Patrick cobrou uma falta ensaiada e Fabiano Eller, na marca do pênalti, chutou, a bola desviou no zagueiro e saiu para linha de fundo.

O Náutico era superior na partida e exercia forte marcação, provocando o erro do adversário, tanto que aos 32 minutos, a zaga do Boa Esporte-MG tentou sair jogando, Douglas aproveitou um vacilo e soltou uma bomba na entrada da área, contra o peito do goleiro Andrei.

O goleiro Júlio César era um mero espectador na partida e a melhor chance do time da casa surgiu na cobrança de falta frontal cobrada por Pirão, a bola desviou na barreira antes de passar por cima da meta alvirrubra.

2º Tempo

Na volta para a segunda etapa, o time do Boa Esporte-MG sofreu alteração. Wallyson entrou no lugar de Danilo Neves, enquanto o Náutico voltou com a mesma formação.

Na tentativa de mudar o panorama da partida, o Boa Esporte-MG tentou ser mais efetivo nas investidas, mas o primeiro lance de perigo foi da equipe alvirrubra. Após cruzamento para área mineira, a zaga do Boa fez o corte providencial antes que a bola chegasse a Ronaldo Alves.

Aos 7 minutos, o primeiro lance de perigo para o time da casa. Após cobrança de escanteio, Júlio César rebateu para o meio da área, o atacante chutou e o lateral Everton Sena, por pouco, não completou para o gol.

Aos 16 minutos de partida, o árbitro carioca, Alexandre de Jesus, expulsou equivocadamente o meia Patrick Vieira. O atleta alvirrubro levou dois cartões amarelos de forma indevida, em tempos distintos da partida, e teve que deixar o campo de jogo mais cedo.

Com um jogador a menos em campo, o técnico Lisca resolveu mexer duas vezes na equipe. Diego e Pedro Carmona entraram no lugar de Guilherme e Rogerinho, respectivamente.

Aos 36 minutos, o atacante Douglas recuperou a bola no campo ofensivo, arrancou em velocidade, fintou dois marcadores, mas chutou contra a zaga que conseguiu se recuperar a tempo.

O Boa Esporte-MG tentou responder na bola roubada na entrada da área alvirrubra que terminou sobrando para Rodrigão, o jogador bateu colocado e a bola passou raspando o poste direito do goleiro Júlio César, que torceu para sair.

O árbitro Alexandre de Jesus deu quatro minutos de acréscimo e o time mineiro, de forma desorganizada, insistia nos cruzamentos para a área, a zaga alvirrubra bem postada fez intervenção em todas as jogadas.

No apagar das luzes, Hiltinho fez bela jogada e tocou para Renato, o atacante girou em cima do zagueiro e na saída do goleiro Andrei tocou para Diego só empurrar para as redes, decretando a vitória alvirrubra, em Varginha. Boa Esporte-MG 0x1 Náutico.

FICHA DE JOGO

BOA ESPORTE 0
Raphael Silva; Everton Sena, Wallace, Leonardo e Pirão; Cléo, Mardley, Danilo Neves (Ualisson Pikachu), Bruninho e Leonardo; Ramón. Técnico: Ney da Mata.

NÁUTICO 1
Júlio César; Guilherme (Diego), Ronaldo Alves, Fabiano Eller, Gastón Filgueira; João Ananias, Marino, Patrick Vieira e Hiltinho; Rogerinho (Pedro Carmona) e Douglas (Renato). Técnico: Lisca.

Torneio: Campeonato Brasileiro da Série B – 2ª rodada
Data: 16/05/2015
Local: Estádio Dilzon Melo (Varginha-MG)
Árbitro: Alexandre Tavares de Jesus (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Eduardo de Souza Couto (RJ)
Gol: Diego (48 do 2ºT) – Náutico
Cartões amarelos: Mardley, Cléo Silva e Wallace – Boa Esporte; Patrick Vieira (2), Guilherme, Fabiano Eller – Náutico
Cartão vermelho: Patrick Vieira – Náutico

Fonte: Site Oficial do Náutico


Cachorro Quente
Armazém Loureço
CESP Carpina
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário