Farmácia Rangel
Falub
Lacca Laboratório
Governo Junho
Esportes

Série “A”: Maikon Leite faz dois e Sport bate o Joinville na Ilha


Série “A”: Maikon Leite faz dois e Sport bate o Joinville na Ilha

No embalo da torcida, que compareceu em bom número à Ilha do Retiro, apesar do horário, o time do Leão vencou o Joinville em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, por 2×1. Os gols da partida foram marcados pelo atacante Maikon Leite, destaque da noite. Com o resultado, o Sport subiu para a terceira colocação, com 15 pontos conquistados. Invicto na competição, o time do técnico Eduardo Baptista terá o Vasco como próximo adversário, semana que vem (sábado, 20), na Arena Pernambuco.

Assim como era imaginado, o jogo começou truncado. Embora jogasse diante de sua torcida, o Sport encontrava pela frente um adversário que marcava muito forte. As marcações, por sua vez, só se sobressaíram aos ataques até os 15 minutos, quando Maikon Leite aproveitou cruzamento de Renê, bateu cruzado e abriu o placar.

Depois do gol, o Sport chegou a diminuir o ritmo. Por conta disso, o Joinville até criou duas chances, mas esbarrou em excelentes defesas de Danilo Fernandes. A Ilha voltou a explodir quando, aos 38 minutos, o volante Rithely deu um passe primoroso para Maikon Leite, mais uma vez, soltar o pé, fazer o segundo e fechar o primeiro tempo com o Leão na frente.

SEGUNDO TEMPO

Comandando o placar, o Sport se deu ‘o luxo’ de admnistrar o tempo no início da segunda etapa. O toque de bola do time rubro-negro envolvia o adversário, que ficava sem muitas alternativas. Desesperado pela reação, o Joinville sentia as dificuldades impostas pela postura leonina e se limitava a chutes de fora da área, quase todos eles longe do gol de Danilo Fernandes.

Já no terço final da partida, o meia Marcelinho Paraíba deu vida a um jogo que já parecia decidido. Em cobrança de falta, o jogador diminuiu o placar para a equipe catarinense. Percebendo o bom momento, os visitantes vieram com tudo para cima. O goleiro Danilo Fernandes por duas vezes salvou o Leão de tomar o gol de empate. A torcida rubro-negra, nas arquibancadas, vaiava e dava um gás extra aos atletas dentro de campo.

O ímpeto catarinense não teve fôlego para apertar o Sport até o final. Sabendo da importância do resultado, o Leão se reorganizou em campo. Mesmo apenas se defendendo, os rubro-negros já não davam espaços para o Joinville. A marcação forte durou até o momento em que o árbitro Héber Roberto Lopes deu seu apito final e fez a torcida explodir comemorando mais uma vitória e a invencibilidade no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Site Oficial do Sport


Armazém Loureço
Cachorro Quente
CESP Carpina
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário