Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Carpina

Acusados de assassinar Ex-Vereador e Radialista Jota Cândido são condenados após dez anos. Juiz determina prisão imediata


Acusados de assassinar Ex-Vereador e Radialista Jota Cândido são condenados após dez anos. Juiz determina prisão imediata

Após dois dias de intensos debates, chega ao fim o julgamento ocorrido na 2ª vara da Capital, no Fórum Desembargador, Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra em Recife do caso Jota Cândido, onde após dez anos, os quatro acusados da execução foram condenados.

Mesmo com as incessantes teses dos advogados de defesa, afirmando que seus clientes eram inocentes, com a tese de negativa de autoria, o Conselho de Sentença, ao responder os quesitos propostos, acolheu o pedido do Ministério Público, condenando os réus.

Portanto, Edilson Soares Rodrigues e Taironi César da Silva Pereira receberam pena de 19 anos de reclusão cada. André Luiz de Carvalho 21 anos de reclusão e Jorge José da Silva à 14 anos de reclusão. Todos em regime inicialmente fechado.

Agora, Edilson Soares Rodrigues, Taironi César da Silva Pereira e André Luiz de Carvalho, deverão ser recolhidos no CREED, enquanto que Jorge José da Silva, deve ser recolhido no Cotel.

RELEMBRE O CASO JOTA CÂNDIDO

Em 1 de Julho de 2005 o Radialista e Vereador de Carpina de Mandato na época, José Cândido de Amorim Filho ( Jota Cândido ) chegava para trabalhar na Rádio Alternativa FM 104.9, no Centro da Cidade, quando foi metralhado ainda dentro do carro, com cerca de 20 tiros. Socorrido para Unidade Mista local, já deu entrada sem vida. No mesmo ano, no dia 18 de Maio, o Radialista já havia sofrido um atentado.


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Cachorro Quente
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário