Lacca Laboratório
Falub
Farmácia Rangel
Destaques

Operação de repressão qualificada foi desencadeada no interior


Operação de repressão qualificada foi desencadeada no interior

A Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, em conjunto com a Secretaria da Fazenda, desencadearam nesta quinta-feira (03), a Segunda Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada AVAXI. A ação acontece nas cidades de Recife, Vitória de Santo Antão, Ribeirão, Escada e Bezerros onde as diligências estão sendo efetuadas.

A operação é coordenada pela Chefia de Polícia Civil de Pernambuco e na execução do trabalho operacional foram empregados 176 Policiais Civis entre Delegados, Agentes e Escrivães, 16 Policiais Militares e 52 Auditores da SEFAZ/PE.

As investigações tiveram início em maio de 2015, sendo presididas pela Delegada de Polícia Wedyja de Andrade e Silva, Delegada Titular da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária, apoio de inteligência do NI/DECCOT/DINTEL e contou com a Coordenação Geral do Diretor da DIRESP, Salustiano Albuquerque, e Supervisão do Delegado Darlson Macedo, Gerente de Controle Operacional.

O resultado detalhado da Operação “AVAXI” será apresentado pela Policia Civil e Secretaria da Fazenda na SEXTA(04), às 9h, no auditório do Prédio Sede Operacional da Polícia Civil de Pernambuco, situado à Rua da Aurora, 487 – Boa Vista – Recife.

Segundo a nota, a operação tem por objetivo dar cumprimento a 37 mandados judiciais, sendo 14 Mandados de Condução Coercitiva e 23 Mandados de Busca e Apreensão em desfavor de integrantes da associação criminosa e empresas ligadas a um grupo responsável pela compra e revenda de álcool etílico, combustível sem nota fiscal e em desacordo com as normas estabelecidas pela ANP, além da utilização de empresas fantasmas para operar o esquema fraudulento.

Os suspeitos estão sendo investigados pela prática dos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica e crime contra a ordem econômica, além de poderem ser responsabilizados por sonegação fiscal após a fiscalização que será realizada pela SEFAZ-PE concomitantemente com a ação policial.

Com informações da assessoria da Policia Civil de Pernambuco

 


Maxima Contabilidade
Cachorro Quente
CESP Carpina
Armazém Loureço

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário