Falub
Farmácia Rangel
Pizza Expresso
Lacca Laboratório
Belarmino
Carpina

Projeto “Mãe de Anjos – O Amor nos Alcançou” realizou mais uma ação solidária com crianças do IMIP e NACC


Projeto “Mãe de Anjos – O Amor nos Alcançou” realizou mais uma ação solidária com crianças do IMIP e NACC

Mais uma ação do projeto “Mãe de Anjos – O Amor Nos Alcançou”, que conta com voluntários de Carpina e cidades vizinhas, foi realizada no último domingo (16), no Recife. As visitas levaram novamente um pouco de alegria, esperança e conforto à crianças em tratamento com câncer no Hospital IMIP e no Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NAAC), auxiliando também os pais nesta batalha pela vida dos pequenos guerreiros.

Com a temática do São João, os voluntários foram a caráter, com adereços juninos, lembranças personalizadas para entregar aos pais e filhos visitados no IMIP, assim como no NACC, onde houve mesas com guloseimas, itens decorativos, brincadeiras com os pequenos e atividades com os pais, que receberam toda a solidariedade do grupo, uma marca registrada do projeto. Além dos veteranos, novatos também participaram, como foi o caso de Eder Souza, que se emocionou com todo o dia vivenciado na ação.

“Muitas vezes no dia a dia, a gente se depara com vários problemas na nossa vida, no cotidiano, mas aí quando a gente vem para uma ação dessa, a gente começa a ver que a vida, ela é muito mais importante. O viver, o saber viver. E essas crianças, essas mães que passam essa situação difícil aqui no NACC, e no IMIP quando a gente foi, nos dá uma lição de vida muito grande. Eu hoje saio daqui transformado, com uma outra mentalidade, dando um valor diferente a minha vida, o quanto eu posso ajudar outras pessoas. Pra mim foi fantástico essa oportunidade”, completou, relatando também uma situação ocorrida no IMIP, que o comoveu.

“Quando eu cheguei, foi a primeira criança que eu fui dar atenção. Quando eu cheguei, entreguei o presentinho, a lembrancinha pra mãe dela, e perguntei o nome dela (da filha), e ela disse que era Mirela. Mirela é o nome da minha sobrinha. E nessa hora minha cabeça deu um nó assim, porque é como se eu estivesse me imaginando assim ‘minha sobrinha podia estar ali’, e eu poderia estar na situação daquela mãe. Então assim, eu meio que me coloquei no lugar deles pra tentar sentir um pouco, lógico que não chega nem um terço do que eles passam, mas pra sentir um pouco do que eles passam ali, realmente me emocionou um pouco aquilo ali, me fez refletir muito”, destacou.

Cada voluntário tem seu relato, sobre o sentimento depois das visitas feitas, como é o caso da Cris, irmã de Soledade, que é idealizadora do Projeto. “Um sentimento de gratidão, de alegria, de levar o amor a aquelas crianças. A gente chega lá e vê elas tristes, mas com tão poucas coisas que a gente leva, um sorriso, uma palavra de conforto, eles ficam muito felizes, tanto eles como as mães. Então isso é muito prazeroso, é muito importante pra aquelas mães, pra aquelas crianças que estão ali”, comentou.

Após as ações feitas, a idealizadora do Projeto, Soledade Coutinho, conhecida como “Sol”, destacou mais uma ação feita, com a oportunidade de ser solidário com o próximo, em uma situação onde é imprescindível receber uma palavra de conforto, um sorriso, como auxílio nesta batalha de cada um deles.

“É muito gratificante neste dia, podermos estar partilhando um pouco desse amor, dessa alegria. É contagiante estarmos com elas (crianças). Aprendemos muito com elas”, finalizou. Ela deixou também um contato para quem desejar contribuir com o projeto, que agora já se prepara para a visita no mês das crianças. Os interessados podem contatá-la pelo fone (81) 99702-1394.

A ação – Em 2019, o Projeto “Mãe de Anjos – O Amor Nos Alcançou” completou 3 anos. Criado por Soledade Coutinho, após a perda da filha, o grupo mostra fortalecimento a cada viagem feita, nas ocasiões festivas do Carnaval, Páscoa, São João, Dia das Crianças e Natal. Segundo ela, cada ação realizada torna-se um aprendizado vindo dos pequenos guerreiros, que ensinam lições de vida, unindo os integrantes. “Eu digo que o grupo, ele é uma família, porque é composta de pessoas amigas, mães, filhos. E nós somamos para fazer este grupo acontecer, e tem sido muito maravilhoso trabalhar em família”, relatou.

A Sede do projeto Mãe de Anjos, já está sendo construída. O local ficará em um espaço no quintal da casa de Sol, que busca doações e voluntários para dar prosseguimento às obras. “É uma conquista que a gente tá lutando desde o ano passado. Ela (a Sede), já está levantada, mas tem algumas partes ainda que precisam serem concluídas. Se você (leitor) sentiu desejo de estar conosco, nos ajudar, sinta-se muito bem-vindo, tanto para as visitas, como também para nos ajudar a erguermos essa Sede, que será para colocar as doações e também para colocar nosso trabalho”, convida.


Armazém Loureço
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário