Farmácia Rangel
Governo Junho
Lacca Laboratório
Falub
Cidades

Cocaína é apreendida e mulher detida pela Polícia Federal em Aeroporto Internacional dos Guararapes


Cocaína é apreendida e mulher detida pela Polícia Federal em Aeroporto Internacional dos Guararapes

Drogas foram apreendidas e uma mulher detida pela Polícia Federal (PF), no dia 26 de junho, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre. Na ocasião, a produtora de eventos Paula Rodrigues dos Santos, 23, natural de Pindobacu/BA e residente em Salvador/BA, estava com uma bagagem contendo mais de 2 quilos de cocaína. Um celular, cartões de embarque e € 1.000 euros também foram apreendidos.

Segundo a PF, a ação aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional e doméstico de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais ao selecionarem algumas bagagens de um voo que tinha como destino Frankfurt na Alemanha, para que fossem submetidas ao aparelho de raios-x, perceberam que em uma delas havia forte presença de material orgânico, bem característico de indicativo de conter drogas.

Segundo a PF, a ação teve então um desfecho final, quando os policiais ao identificarem a proprietária da mala, perceberam que ela estava bastante nervosa, quando começou a responder alguns questionamentos dos federais, dando respostas desencontradas e sem muita fundamentação, principalmente sobre o motivo de sua viagem. Ao ser aberta a bagagem na presença dela, foi descoberto escondido nas laterais de um fundo falso da mala, 2 invólucros que ao passar pelo exame narcoteste, foi atestado como positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 2 quilos e 600 gramas. Além da droga também foram apreendidos documentos, um aparelho celular, cartões de embarque, passagens aéreas e a importância de € 1.000 (mil euros), totalizando cerca de R$ 4.300 reais, de acordo com a cotação do dia.

Terminado os trabalhos investigativos, com a droga encontrada, a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante e foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais. Depois, foi levada para a Superintendência da Polícia Federal no Cais do Apolo, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40 inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de entorpecentes). Caso seja condenada, poderá pegar penas que variam de 5 à 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e foi levada para a audiência de custódia, sendo encaminhada para a Colônia Penal Feminina onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE.

De acordo com a Polícia Federal, durante interrogatório, a presa informou que foi aliciada por uma pessoa em Salvador/BA, não dando maiores detalhes, para que pudesse se dirigir até Recife e ficar hospedada num hotel em Boa Viagem, onde receberia uma mala com a cocaína já escondida num fundo falso. Após receber a mala e as passagens de ida e volta, tentou embarcar para Frankfurt-Alemanha, ocasião em que foi presa pela Polícia Federal.

Ainda segundo a PF, ela disse também que pelo serviço de transporte iria ganhar a importância de R$ 7 mil reais, quando entregasse a mala com a cocaína para uma pessoa que lhe identificaria pela cor da sua roupa. Por fim, alegou que a motivação para transportar a droga foi devido sua situação financeira difícil.

De acordo com a Polícia Federal, essa já é a nona apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes no ano de 2019. Até agora, 13 pessoas foram presas, sendo 5 homens e 8 mulheres e apreendidos 59,8 Kg de cocaína e 26,5 Kg de skunk.


Maxima Contabilidade
CESP Carpina
Cachorro Quente
Armazém Loureço

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário