Falub
Pizza Expresso
Belarmino
Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Carpina

Em decreto, Prefeito determina anulação do comodato da FALUB; Instituição diz que medida é ineficaz


Em decreto, Prefeito determina anulação do comodato da FALUB; Instituição diz que medida é ineficaz

Na manhã desta quinta-feira (19), o prefeito de Carpina Manuel Botafogo (PDT) determinou a anulação do contrato de comodato realizado pelo município e a Organização Pernambucana de Educação, ciência, cultura, mantenedora da Faculdade Luso-Brasileira (FALUB), pactuado em 1 de setembro de 1999.

A procuradoria do município opinou pela imediata anulação do contrato que teria sido realizado de forma ilegal, por não ter autorização legislativa para dois contratos que foram firmados. Sendo o primeiro no dia 1 de setembro de 1999, em nome do presidente da FALUB Mauri Vieira Costa, e na mesma data foi assinado o contrato com a Organização Pernambucana de educação, ciência e cultura (OPEC), mantenedora da FALUB por um período de 20 anos.

O diretor da FALUB Mauri Costa, em entrevista ao programa Francisco Jr da Rádio Nova Carpina FM, disse que a medida é ineficaz e que só pode considerar alguma decisão em caso de medida judicial. “O atual prefeito tenta há anos desconstruir o trabalho da FALUB em Carpina e Região. Ele vem tentando desalojar a FALUB há anos” afirmou o gestor da faculdade.

Mauri ainda afirmou que irá estudar medidas judiciais contra o Prefeito de Carpina.


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
CESP Carpina
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário