Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Carpina

Em nota, Prefeito de Carpina diz que foi agredido ao tentar fazer um levantamento patrimonial


Em nota, Prefeito de Carpina diz que foi agredido ao tentar fazer um levantamento patrimonialFoto: Voz de Pernambuco

Após a acusação do diretor da Faculdade Luso-Brasileira (FALUB), de que o prefeito de Carpina Manuel Botafogo (PDT) teria agredido ele na manhã desta terça-feira (7), o gestor da cidade carpinense afirmou em nota ter sido agredido pelo diretor da unidade de ensino.

Na nota, Botafogo afirma que estava fazendo um levantamento patrimonial preliminar do imóvel público da Prefeitura de Carpina. Ele classificou o ato como “desonroso por parte do Sr. Mauri, uma vez que desacatou uma autoridade em suas funções e prerrogativas, verbalmente e fisicamente”.

Veja a nota completa:

NOTA DE ESCLARECIMENTO –

A fim de esclarecer sobre o incidente ocorrido na manhã desta terça-feira (07), no imóvel municipal onde funciona a Faculdade Luso Brasileira (FALUB), traremos a veracidade dos fatos:

O Prefeito de Carpina, Manuel Botafogo, seguiu até o local juntamente com funcionários da Prefeitura Municipal, com objetivo de realizar, preliminarmente, um levantamento patrimonial do prédio onde funciona a FALUB. Nesse momento, foram abordados por um homem, provavelmente filho do Sr. Mauri, diretor da FALUB, e um funcionário da unidade, inflamando contra eles insultos para que saíssem da faculdade. Por sua vez, o prefeito informou aos mesmos que o ambiente se tratava de um imóvel público, de propriedade da Prefeitura do Carpina. Posteriormente, já avisado do ocorrido, o Diretor da FALUB, Sr. Mauri, veio ao encontro da equipe da Prefeitura Municipal, de forma agressiva, tentando expulsar o prefeito com socos e empurrões. Para não agravar a situação, um dos funcionários da prefeitura levou o prefeito até o carro, veículo este que também foi danificado pelas agressões do Sr. Mauri. Em resumo, esclarecemos que o Prefeito Manuel Botafogo foi agredido por tentar realizar apenas um levantamento patrimonial preliminar de um imóvel público da Prefeitura do Carpina. Ato este desonroso por parte do Sr. Mauri, uma vez que desacatou uma autoridade em suas funções e prerrogativas, verbalmente e fisicamente.


Cachorro Quente
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário