Falub
Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Agreste

Medidas cautelares suspendem concursos em Limoeiro e Custódia


Medidas cautelares suspendem concursos em Limoeiro e Custódia

Os conselheiros substitutos do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), Adriano Cisneiros e Marcos Nóbrega, expediram duas medidas cautelares que suspendem a realização de concursos público em Limoeiro e Custódia. As medidas foram expedidas com base no Decreto Estadual nº 48.809, que proíbe a aglomeração de mais de 10 pessoas em todo o estado.

Em Custódia, a Medida Cautelar n° 2052477-8, expedida na última sexta-feira (27) pelo conselheiro substituto Adriano Cisneiros, determinou a suspensão do concurso público promovido pela Câmara Municipal para o preenchimento de 16 vagas, que seria realizado no dia 24 de maio.

Já em Limoeiro, o conselheiro substituto Marcos Nóbrega, expediu nesta segunda-feira (30) a Medida Cautelar n° 2052473-0 que também determina a não realização do concurso público da Câmara Municipal para o preenchimento de 5 vagas, com data marcada para o dia 17 de maio.

Nas duas medidas, os relatores destacaram a necessidade dos órgãos e das entidades públicas tomarem medidas de enfrentamento na emergência de saúde pública no país, decorrente do coronavírus, e que a realização dos concursos, neste momento, criaria despesas, contrariando a recomendação expedida pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE) e o Ministério Público de Contas (MPCO) no último dia 25 de março, para que evitem gastos desnecessários com aquisições, obras e serviços e que redirecionem os recursos economizados ao enfrentamento da crise mundial de saúde pública.

O documento orienta também para que sejam evitadas contratações de pessoal de qualquer natureza, salvo as necessárias, direta ou indiretamente, ao enfrentamento da situação emergencial.


Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
CESP Carpina
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário