Farmácia Rangel
Lacca Laboratório
Governo do Estado
Falub
Nacional

Covid-19: Brasil tem 1.328 mortes e Pernambuco é 3º em número de mortes


Covid-19: Brasil tem 1.328 mortes e Pernambuco é 3º em número de mortesDiagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus (2019-nCoV), realizado pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em Vírus Respiratórios para o Ministério da Saúde

De acordo com a atualização do Ministério da Saúde desta segunda-feira (13), o Brasil registrou 105 mortes em 24h, chegando ao número de 1.328 mortes. Esses números representam 9% de aumento em relação ao domingo (12). Em relação aos casos confirmados, já são 23.430, um aumento de 6% relativo ao último balanço, quando o país registrava 22.169. A taxa de letalidade ficou em 5,7%.

São Paulo ainda concentra os maiores números, sendo 8.895 casos e 608 mortes. Em seguida aparecem com o maior número de mortes Rio de Janeiro (188), Pernambuco (102), Ceará (91) e Amazonas (71).

Além disso, foram registradas mortes no Paraná (31), Maranhão (27), Santa Catarina (24), Minas Gerais (23), Bahia (22), Rio Grande do Norte (17), Rio Grande do Sul (16), Distrito Federal (15), Pará (15), Espírito Santo (14), Goiás (15), Paraíba (13), Piauí (8), Amapá (5), Sergipe (4), Mato Grosso do Sul (4), Mato Grosso (4), Alagoas (3), Acre (3), e Roraima (3) Rondônia (2). Tocantins é o único estado onde ainda não houve morte.

No balanço de vítimas, 58,9% eram homens e 41,1%, mulheres. Do total, 74% tinham acima de 60 anos e 75% apresentavam algum fator de risco, como cardiopatia, pneumopatia, diabetes e doenças neurológicas.

Já os casos confirmados nas últimas 24 horas totalizaram 1.261, menos do que no domingo (12), quando foram 1.442. O resultado é também menor do que os registrados na última semana, quando chegaram a ser agregados às estatísticas 2.210 novos casos na quarta-feira (8).

As hospitalizações por covid-19 totalizaram 4.926. No entanto, ainda há 31.605 pessoas internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em investigação, dependendo de testes para averiguar se são casos de infecção por novo coronavírus ou não.


Armazém Loureço
Cachorro Quente
CESP Carpina
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário