Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Cidades

Pernambuco registrou mais 731 casos da Covid, além de 20 mortes


Pernambuco registrou mais 731 casos da Covid, além de 20 mortes

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (28), 731 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 37 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 694 (95%) são leves. Importante destacar que cerca de 50% dos casos leves registrados no boletim de hoje (345) ocorreram entre os meses de maio e setembro deste ano, sendo inclusos neste boletim após revisão nos bancos de dados dos municípios. Agora, Pernambuco totaliza 630.520 casos confirmados da doença, sendo 54.508 graves e 576.012 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 568.818 pacientes recuperados da doença. Destes, 33.368 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 535.450 eram casos leves. Também foram confirmados laboratorialmente 20 óbitos (8 masculinos e 12 femininos), dos quais apenas três (15%) ocorreram neste mês de outubro – nos dias 26/10 (2) e 27/10 (1).

Todos os outros são óbitos antigos, que foram recuperados após revisão dos municípios e unidades de saúde, tendo ocorrido entre 26 de agosto de 2020 e 10 de setembro de 2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Belém de Maria (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Chã de Alegria (1), Glória do Goitá (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Moreno (1), Palmares (2), Paulista (2), Petrolina (1), Recife (6), Serra Talhada (1) e Vitória de Santo Antão (2). Com isso, o Estado totaliza 19.990 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 29 e 88 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 40 a 49 (4), 50 a 59 (2), 60 a 69 (5), 70 a 79 (3) e 80 e mais (5). Do total, 16 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (8), diabetes (8), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (4), obesidade (3), hipertensão (2), doença vascular (1), doença renal (1), doença hepática (1), etilismo (1) e doença de Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um não tinha comorbidades e os demais seguem em investigação.

 

 

*Com informações: SES-PE


CESP Carpina
Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário