Falub
Farmácia Rangel
Lacca Laboratório
Cidades

Polícia Federal assume o caso da depredação na agência da Caixa Econômica Federal de Paudalho, onde um homem foi preso


Polícia Federal assume o caso da depredação na agência da Caixa Econômica Federal de Paudalho, onde um homem foi preso

A Polícia Federal em Pernambuco, autuou em flagrante um homem, de 29 anos, que foi preso por policiais do 2º Batalhão de Polícia Militar, em Paudalho. Segundo a PM, durante as rondas a equipe se deparou com o indivíduo transtornado chutando vários carros e ameaçando várias pessoas com uma faca.

Na ação, os agentes assistiram ao vídeo da destruição da porta da agência bancária da Caixa Econômica Federal de Paudalho e constataram que se tratava da mesma pessoa, dando voz de prisão em flagrante e em seguida encaminhado o acusado para a Sede da Polícia Federal, para os procedimentos de polícia judiciária, onde acabou sendo autuado em flagrante pelo crime contido no artigo 163, parágrafo único do Código Penal  (dano qualificado contra o patrimônio da União) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 6 meses a 3 anos de detenção, além de multa.

O crime é afiançável, porém foi dispensada a fiança pela Autoridade Policial, com fundamento no artigo 325, §1º, inciso I, do Código de Processo Penal, em virtude da condição econômica do preso. Em seu interrogatório o preso afirmou estar sob efeito do crack e que ficou com muita raiva por conta de sua situação de desempregado e passou a quebrar as coisas pela rua. Disse também que não tinha condições de pagar fiança e nem de indenizar os prejuízos causados à Caixa, por fim falou que não está arrependido pelos danos causados. Os representantes do banco avaliam que o dano foi de aproximadamente R$ 5 mil.

Confira o vídeo:

 


Armazém Loureço
Cachorro Quente
Maxima Contabilidade
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário