Farmácia Rangel
Falub
Lacca Laboratório
Cidades

Furto à residência foi registrado no loteamento Primavera em Paudalho


Furto à residência foi registrado no loteamento Primavera em Paudalho

Um caso de furto à residência foi registrado na segunda-feira (15), na Travessa 8, da Rua 35, Loteamento Primavera, em Paudalho. Segundo a Polícia Militar, durante rondas, a vítima Maria Lizete da Silva, de idade não divulgada, acionou o efetivo informando que sua residência tinha sido furtada.

De acordo com a PM, a mulher contou que o crime teria sido cometido por um indivíduo conhecido por “Gaiola”, e que ele subtraiu na madrugada 20 cadeiras brancas, mangueira de tratamento de piscina, materiais de suporte de piscina, baldes grandes com tampa, chave de fenda de teste de energia, levou parte dos materiais para uma localidade conhecida popularmente como “Boca de Douglas”, enquanto outra parte o próprio escondeu.

O policiamento fez diligências no local em que o suspeito teria deixado os materiais e apreenderam, localizando também o indivíduo Douglas, de nome completo Rosivaldo Douglas da Silva Barros, que alegou que Gaiola foi a localidade e deixou os materiais e depois saiu sem manter contato.

Ainda em rondas, os PMs souberam por populares que na Vila Santa Mônica, dois indivíduos desconhecidos estavam rondando as ruas e verificando pelo muro das casas, se tinham pessoas no local. O policiamento foi até a área e conseguiu capturar os elementos, identificados como Flávio Roberto da Silva, popular “Gaiola”, que estava com uma faca escondida pelo braço e Leandro Severino de Oliveira.

Segundo a Polícia Militar, ao ser indagado pelo furto, Gaiola confessou a prática do crime e contou que deixou parte do material escondido e outra deixou na boca de fumo de Douglas, em troca de 10 pedras de crack, onde mais tarde iria pegar com o mesmo. Questionado se o indivíduo leandro Severino estava participando do furto, Gaiola respondeu negativamente, alegando que o outro rapaz estava acompanhando ele no momento, sem intenções de praticar crimes.

Diante dos fatos, as partes envolvidas foram levadas à delegacia, com o material apreendido, para providências.


Cachorro Quente
Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
CESP Carpina

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário