Governo de Pernambuco (vacina)
Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Cidades

Capacitação para artistas e instituições tem início nesta segunda (6), me Nazaré da Mata


Capacitação para artistas e instituições tem início nesta segunda (6), me Nazaré da Mata

Começa nesta segunda-feira (6), em Nazaré da Mata, uma capacitação para artistas e instituições da cidade, que visa contribuir para formação dos profissionais, grupos e instituições independentes, ligados ao setor cultural e da economia criativa, prejudicados pela pandemia de Covid-19, e que buscam  se recolocar ou inserir no mercado. Passados dois anos da maior crise de saúde mundial, provocada pela pandemia de covid-19, que prejudicou, entre muitas áreas, o mercado cultural da música, literatura, cinema, teatro, cultura popular, produção cultural, entre outras. 

De acordo com a gestão, os artistas agora terão a oportunidade de retomar seus planos comerciais, para viver de seus próprios talentos culturais. Na ocasião, cerca de 30 pessoas, vão participar, pela primeira vez, de forma gratuita, do curso “Empreender na Cultura é um Negócio Viável”.  A ação consiste na realização de um conjunto de oficinas destinadas ao fortalecimento, modelagem e projeção de novos e antigos empreendimentos culturais.  Esta capacitação será realizada pela Liga Criativa, uma empresa especializada no ramo de treinamento e captação de recursos culturais, com atuação em PE, com incentivo do Governo do Estado, por meio dos recursos do Funcultura. As aulas serão ministradas na Universidade de Pernambuco – Campus Mata Norte. 

O curso tem o formato híbrido e está dividido em três eixos: 

desenvolvimento pessoal, estruturação do negócio/carreira e captação de recursos e elaboração de projetos. A formação tem duração total de 24 horas/aula, sendo 4 encontros presenciais, nos dias 6, 7, 8 e 9 de fevereiro, na UPE Campus Mata Norte, localizada na rua Amaro Maltês de Farias, Loteamento Sítio Novo, Nazaré da Mata, no horário de 14 às 17 horas. Já a outra parte do curso será online, com mais 4 novos encontros.  

Segundo as informações repassadas, nesta fase, as oficinas serão transmitidas pela plataforma Zoom, entre os dias 13 a 16 do mesmo mês, sempre a partir das 14h. “As Pesquisas apontam que, no Brasil, antes da pandemia, o setor de economia criativa correspondia a 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB), sendo responsável por cerca de 4,9 milhões de postos de trabalho. 

Entretanto, em meio a crise de saúde humanitária, tivemos impactos irreparáveis. Sem dúvidas, proporcionar essa formação vai contribuir para rever as perdas que todos nós tivemos, e se recolocar nos trilhos do desenvolvimento econômico e cultural” conta a empreendedora cultural e coordenadora da oficina, Eliz Galvão. Todos os participantes do curso também serão contemplados com kit contendo camisa e apostila e duas certificações, uma da etapa presencial e outra da etapa virtual.  

Durante o período da formação, a turma terá o acompanhamento para dúvidas. Nos casos de pessoas com deficiência auditiva, o projeto vai disponibilizar intérpretes de Libras. Já pessoas com deficiência motora ou de mobilidade reduzida, será garantido o  transporte. 

“Este curso também visa contribuir para que os empreendedores possam captar recursos via editais públicos para manutenção e realização de suas atividades. Como já sabemos, o Ministério da Cultura prevê um investimento de R$ 10 bilhões para área da cultura, (desse total, cerca de R$ 3 bilhões serão destinados à Lei Aldir Blanc 2), além de mais R$ 3,8 bilhões para a Lei Paulo Gustavo. E para garantir esse recursos, é importante estar preparado” finaliza, Eliz Galvão.


CESP Carpina
Maxima Contabilidade
Cachorro Quente
Armazém Loureço

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário