Governo de Pernambuco (vacina)
Lacca Laboratório
Farmácia Rangel
Falub
Cidades

Criança dá entrada em hospital de Nazaré com feridas de picadas de abelhas e PM suspeita de abuso sexual por parte do pai


Criança dá entrada em hospital de Nazaré com feridas de picadas de abelhas e PM suspeita de abuso sexual por parte do pai

Um caso de averiguação de um suposto abuso sexual, foi registrado na terça-feira (7), no Loteamento Parque do Maracatu, em Nazaré da Mata. Segundo a Polícia Militar, o efetivo foi acionado pela equipe médica do hospital Ermirio Coutinho, onde a médica informou que havia dado entrada no plantão da unidade, uma criança de 11 anos com múltiplas lesões causadas por ferroadas de abelhas e/ou marimbondos. A profissional estranhou, pelo fato da criança ter chegado no local sem blusa, enrolada em uma toalha e acompanhada de sua avó. De acordo com os policiais, a equipe médica também informou que após a criança ter dado entrada no hospital, a mãe também esteve no local, porém foi bastante agressiva com a equipe médica, inclusive não permitindo que os médicos(as) e/ou enfermeiros(as) fizessem perguntas a criança, fato esse que levantou suspeita.

O policiamento foi ao local e conversou com a avó da criança, que relatou que a neta teria ido passear com o pai, quando recebeu uma ligação do mesmo, informando que a filha teria sido picada por abelhas. Quando chegou em casa, segundo relatos da avó, a neta estava sem a blusa e bastante ferida pelos ferrões dos insetos. Prontamente a avó chamou um mototaxista e conduziu a menor para o hospital, sendo atendida pela equipe médica. Ainda segundo o apurado pelo policiamento, o boletim médico informou que a criança chegou bastante ferida, reclamando de muita dor por todo o corpo, onde foi necessário inclusive o uso de medicações como adrenalina e prometazina (conforme ficha e laudo médico em anexo).

Depois, o pai chegou no hospital. Indagado pelos policiais sobre o que aconteceu, ele disse que estava passeando com a filha, quando foram atacados pelos insetos. O efetivo conversou com a criança que contou que momentos antes do ataque, o pai pediu que a mesma trocasse de blusa com ele, fato que causou estranheza por parte dos policiais, que perguntaram o motivo desta suposta troca de blusa.

Ele alegou que a filha havia pedido essa troca. O Serviço Social do hospital, também estranhou as versões do fato narradas pela vítima e pelo pai, pois estavam contraditórias. Então, o hospital solicitou que a criança, fosse transferida para o IMIP no Recife, para fazer exame ginecológico, para possível descarte ou confirmação de abuso sexual.  O pai da criança e a avó, foram levados para prestar esclarecimentos a autoridade de plantão na delegacia de Nazaré da Mata.


CESP Carpina
Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário