Farmácia Rangel
Falub
Lacca Laboratório
Esportes

Com um a menos, Santa Cruz conquista virada heroica diante do CRB


Com um a menos, Santa Cruz conquista virada heroica diante do CRB

Um misto de heroismo, qualidade e valentia. Foi histórica a vitória do Santa Cruz, nesta terça-feira, no Estádio do Arruda. O Tricolor foi para o intervalo perdendo por 1×0 e com um jogador a menos. Na segunda etapa, os atletas mostraram muita raça e viraram a partida, colocando o 2×1 no placar.

Anderson Aquino e João Paulo foram os autores dos gols corais. Com o resultado, o Santa Cruz conquistou a terceira vitória consecutiva e agora já são seis jogos sem derrota. Incrível a recuperação da equipe na Série B. O Tricolor está na 10ª posição, com 15 pontos – o Bahia, primeiro time no G-4, tem 21.

Análise da partida

Não demorou nada para o CRB abrir o placar. Aequipe alagoana balançou as redes do goleiro Fred aos três minutos em cruzamento que veio da direita. O atacante Zé Carlos levou a melhor sobre a defesa coral. De cabeça, ele fazia 1×0.

Após mexer no marcador, os adversários do Santa ficaram ainda mais retraídos no campo de defesa, marcando atrás da linha do meio-campo. Sem muito espaço, o Tricolor tentava furar o bloqueio. Com algumas boas trocas de passes, o Mais Querido até esteve próximo do empate.

Aos 19 minutos, depois de cobrança de escanteio, o lateral Marlon cabeceou e acertou a trave. O Santa continuou na pressão até os 25 minutos, mas a partir daí o CRB conseguiu conter o ímpeto coral.

A partida voltou a ficar equilibrada. Mas o grande problema do primeiro tempo aconteceu nos últimos minutos. O zagueiro Diego Sacoman foi tentar um desarme, acertou o adversário e tomou o segundo cartão amarelo. O Tricolor ficava com um a menos.

A virada

O natural era que, diante da inferiodade numérica, o Santa Cruz sofresse bastante na etapa final. Aconteceu justamente o contrário. Mostrando qualidade e valentia, o time coral fez o que parecia impossível.

Logo aos três minutos, em grande jogada individual, João Paulo arriscou de fora da área e marcou um belo gol. Tudo igual no Arruda. Apesar de atuar com 10 atletas, a equipe coral era melhor na partida.

Muito disto se deve ao técnico Marcelo Martelotte. Ao colocar Nininho no lugar de Nathan, o treinador coral reequilibrou a equipe. Mas o mérito dos atletas foi gigantesco. Dispostos, correndo e lutando bastante, eles foram os grandes responsáveis pelo ótimo segundo tempo coral.

O próprio Nininho quase foi o autor da virada. Aos 23 minutos, o lateral recuperou a bola e arriscou a finalização. No travessão de Júlio César. O volume de jogo do Santa Cruz impressionava, especialmente por conta da inferiodade númerica.

Aos 35 minutos, o atacante Luisinho fez uma grande jogada individual pela direita. Deixou três atletas do CRB para trás e cruzou, na medida, para Anderson Aquino. O camisa 9 coral só teve o trabalho de empurrar para as redes. Que virada sensacional do Tricolor do Arruda!

Foto: André Nery/JC Imagem

Fonte: Site Oficial do Santa Cruz


Cachorro Quente
Armazém Loureço
CESP Carpina
Maxima Contabilidade

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário