Farmácia Rangel
Falub
Lacca Laboratório
Carpina

Conselho de Sentença Absolve Réu Confesso de Homicídio em Carpina


Conselho de Sentença Absolve Réu Confesso de Homicídio em Carpina

O Tribunal do Júri da comarca de Carpina absolveu réu que confessou ter tirado a vida junto a seu irmão de um homem, na tarde de 1 de Janeiro de 2011 no Bairro Santo Antônio em Carpina. O promotor Dr. Fernando Falcão Ferraz Filho defendeu a tese de homicídio duplamente qualificado, onde o acusado usou de requinte de crueldade, sem dar oportunidade de defesa á vítima. Sendo condenado, o acusado pegaria uma pena que equivale de 12 a 30 anos de reclusão pela prática criminosa.

Por sua vez, a defesa pregada em plenário por Dr. Rafael bento, pedia a desclassificação de homicídio duplamente qualificado para homicídio simples, onde a vítima chegou a dizer que pegaria o acusado. A defesa fundamentou sua segunda tese com menos apelo em absolvição ao seu cliente, caso o conselho de sentença assim entendesse.

Ao término dos debates, o corpo de jurados em maioria entendeu de acatar sua própria tese que também culminou com oque em segundo plano pediu a defesa em absolver o réu.

Para o Ministério público, o conselho de sentença perdoou o réu, lhe dando uma segunda oportunidade. “Foi como se fosse atendendo um pedido de clemencia, assim acabou perdoando o réu.” disse Dr. Fernando Falcão.

Já, para o advogado de defesa, Dr. Rafael Bento o réu não premeditou o crime e disse estar arrependido, o mesmo trabalha de carteira fichada e é réu primário. “O conselho de sentença julgou tudo isso e viu que melhor que punir uma pessoa que não mais voltou a cometer delitos e já cumpriu mais de um ano por esse crime, foi opinar por lhe dar uma outra oportunidade de recomeçar sua vida”.

O promotor de justica Dr. Fernando Falcão, falou ao deixar o tribunal do Júri.

O tribunal do Júri da Comarca de Carpina volta se reunir na próxima Terça-feira (27) ás 9:00 horas.


CESP Carpina
Maxima Contabilidade
Armazém Loureço
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário