Lacca Laboratório
Falub
Farmácia Rangel
Destaques

Mais de 4.000 casos suspeitos de Microcefalia estão sendo investigados pelo Governo


Mais de 4.000 casos suspeitos de Microcefalia estão sendo investigados pelo Governo

Foto: Pref. de Mogi Guaçu/SP

Em boletim divulgado nesta terça-feira (01), o Ministério da Saúde e os Estados confirmaram que estão investigando cerca de 4.222 casos de suspeitas de microcefalia no país. O que representa 71,5% dos casos notificados. O boletim também aponta que 1046 notificações foram descartadas e 641 confirmadas até o dia 27 de fevereiro.

Os 641 casos confirmados ocorreram em 250 municípios, localizados em 15 unidades da federação: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Pará, Rondônia, Goiás, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul. Já os 1.046 casos foram descartados por apresentarem exames normais, ou apresentarem microcefalias e/ou alterações no sistema nervoso central por causas não infeciosas.

Pernambuco continua com o maior número de casos que permanecem em investigação, ao todo, 1.672. Já foram confirmados 139 óbitos por microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto (natimorto) ou durante a gestação (abortamento ou natimorto) no país. Destes, 31 foram confirmados para microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central. Outros 96 continuam em investigação e 12 já foram descartados.

Fonte – Portal Brasil / Ministério da Saúde


Armazém Loureço
Maxima Contabilidade
CESP Carpina
Cachorro Quente

Compartilhe nas redes


Deixe seu comentário